Informações

A comprovação de proficiência apresentada no mestrado pode ser usada para o doutorado?

De modo geral, as exigências linguísticas no doutorado são maiores que no mestrado e, portanto, mesmo que se trate do mesmo idioma, é comum a existência de uma diferenciação de grau de dificuldade ou de habilidades exigidas, o que incentiva os alunos de mestrado a continuar o aprimoramento no idioma em questão. Alguns cursos, no entanto, dispensam alunos de doutorado…

Continue Reading

Informações

O que diferencia um Exame de Proficiência de outras avaliações em idiomas?

Um Exame de Proficiência difere de um Exame de Rendimento (parcial ou final) em alguns aspectos fundamentais. O Exame de Rendimento, presente em cursos de idiomas, por exemplo, avalia o conteúdo ministrado, ou seja, tem a finalidade de informar se o aluno efetivamente aprendeu aquilo que se espera que tenha aprendido no curso. Já o Exame de Proficiência procura demonstrar as habilidades…

Continue Reading

Informações

Alguns cursos exigem um determinado idioma no mestrado e outro no doutorado, enquanto outros exigem o mesmo idioma (geralmente o inglês) para ambos.

Qual o critério para a definição do idioma? A definição do idioma (ou idiomas) segue um critério de uso real da língua durante o curso. De modo geral, quando há exigência de idiomas diferentes no mestrado e doutorado, uma das línguas exigidas é o inglês e a outra pode variar de curso para curso, com base na bibliografia específica da…

Continue Reading

Informações

Por que nenhum exame de proficiência permite o uso de dicionários?

Resposta: porque o uso de dicionários pode atrapalhar mais que ajudar em avaliações. Vamos ver os motivos. Inferir o sentido de palavras e expressões com base no contexto é uma habilidade fundamental no uso de uma língua estrangeira. Ao ler um texto, por exemplo, ativamos nosso conhecimento de mundo e raciocínio lógico para criar e testar hipóteses que levem à…

Continue Reading