Informações

Há cursos em que candidatos ou alunos podem escolher dentre várias opções de idiomas. Qual o objetivo de tal postura?

A definição do idioma deve seguir o critério de uso real nas leituras e pesquisas do curso. Se o curso tem abundante bibliografia escrita em italiano, por exemplo, faz sentido aceitar um certificado desse idioma. Caso contrário, o curso deve ponderar sobre a escolher dentre várias opções de idiomasaceitação de certificados de proficiência em idiomas que não serão utilizados durante o curso e nas futuras publicações dos alunos. Assim, parece pouco produtivo oferecer um leque de opções em cursos nos quais há pouca ou nenhuma bibliografia em determinados idiomas. Tal situação pode sugerir que a comprovação do domínio de um idioma estrangeiro, seja ele qual for, seja basicamente uma requisição pro forma. Idealmente, seria mais adequado que o curso direcionasse o perfil linguístico de seus candidatos e alunos para as demandas reais (presentes e futuras) do curso e aceitassem certificações apenas em idiomas que efetivamente fossem relevantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *